Administração
+55 41 3420 3526

Comercial
+55 41 3420 3515

Fiscal
+55 41 3420 3561

Operacional
+55 41 3420 3583

RH
+55 41 3420 3577

Siscomex
+55 41 3420 3528

"Ao unir-se a esse projeto de conservação da Mata Atlântica, a Cattalini dá um bom exemplo, que poderia ser seguida por outras empresas"

Primeira empresa portuária de Paranaguá a fechar parceria com a Sociedade de Preservação em Vida Selvagem (SPSV), a Cattalini Terminais Marítimos dará apoio à gestão de Unidades de Conservação, em especial, à Reserva Biológica (ReBio) Bom Jesus. 

Localizada entre os municípios de Antonina e Guaraqueçaba, a reserva é uma área federal que está sob a responsabilidade do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e reúne cerca de 35 mil hectares de Mata Atlântica.  A região abriga diversas espécies de animais ameaçadas de extinção como a jacutinga e a onça-pintada.

“A área preservada também pode servir como polo de turismo, com ações de preservação dos patrimônios ambiental e cultural. Ao unir-se a esse projeto de conservação da Mata Atlântica, a Cattalini dá um bom exemplo, que poderia ser seguida por outras empresas”, declarou Clóvis Borges, diretor-executivo da SPVS. 

Essas áreas também geram retorno financeiro por meio do ICMS Ecológico, mecanismo utilizado por alguns governos estaduais para incentivar municípios que abrigam Unidades de Conservação. No Paraná, 5% do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) arrecadado é distribuído entre os municípios que abrigam áreas de mananciais e Unidades de Conservação em seu território.

Assessoria de Comunicação
imprensa@cattaliniterminais.com.br