Administração
+55 41 3420 3526

Comercial
+55 41 3420 3515

Fiscal
+55 41 3420 3561

Operacional
+55 41 3420 3583

RH
+55 41 3420 3577

Siscomex
+55 41 3420 3528

Em Paranaguá, 180 estudantes de cinco escolas públicas participam da iniciativa

A escola municipal Randolfo Arzua, em Paranaguá, foi palco de uma roda de capoeira muito especial. Na segunda-feira (8), cerca de 150 alunos de escolas públicas locais receberam seus uniformes e cordões de capoeira.

Eles fazem parte do projeto “Crianças aprendem o que vivenciam”, do Grupo Abadá-Capoeira, que tem o apoio da Cattalini Terminais Marítimos, por meio do seu Programa de Responsabilidade Socioambiental.

Entre os alunos está Murilo Santos Silva, de 10 anos, estudante do 5 º ano do Ensino Fundamental, da Escola Municipal Costa e Silva. Ele pratica a capoeira há cinco meses. “Eu gosto muito de participar das aulas e é bem legal ter esse projeto na nossa escola. Eu gosto de tudo, da música, dos movimentos”.

Segundo a diretora da Escola Municipal “Costa e Silva”, Lisneide Zattar, a capoeira também oferece uma atenção inclusiva aos alunos. “Os alunos que participam do projeto estão mais disciplinados, focados nos estudos e alguns deles, que fazem parte da turma especial, também participam igualmente”, declarou.

O estudante do 2º ano do Ensino Fundamental, Lucas Gonçalves de Oliveira, de 16 anos, disse que gosta muito da capoeira. “Aprendo muito com os professores e vou continuar com as aulas junto com os meus amigos”

Atualmente, 180 crianças de cinco escolas públicas de Paranaguá participam do projeto, com aulas gratuitas, oferecidas no contraturno escolar: Colégio Estadual “Bento Munhoz da Rocha Neto”, Escola Municipal “Randolfo Arzua”, Escola Municipal “Presidente Costa e Silva”, Escola Municipal “Rosiclair Silva Costa” e Escola do Campo Amparo.

Assessoria de Comunicação
imprensa@cattaliniterminais.com.br