Administração
+55 41 3420 3526

Comercial
+55 41 3420 3515

Fiscal
+55 41 3420 3561

Operacional
+55 41 3420 3583

RH
+55 41 3420 3577

Siscomex
+55 41 3420 3528

Todos os materiais reaproveitáveis foram acondicionados no caminhão da prefeitura e encaminhados para Associações de Recicladores Nova Esperança, localizada na Ilha dos Valadares

Cerca de duzentos quilos de materiais recicláveis foram coletados no mutirão realizado na manhã de sábado (08), na região do Santuário de Nossa Senhora do Rocio. Os voluntários recolheram os materiais nas áreas da praça do Santuário, do trapiche e do mangue. Sacolas e garrafas plásticas foram os itens mais encontrados. 

Esta foi a primeira ação realizada pelos voluntários e celebrou o Dia Mundial dos Oceanos. Participaram membros do grupo de canoagem Moana, da Associação de Surfistas de Paranaguá (Aspar), grupo de motociclistas, moradores do bairro, funcionários da empresa portuária Cattalini Terminais Marítimos e estudantes da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) e da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

O prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque lembrou que na semana anterior ao mutirão a prefeitura havia realizado a limpeza do local. “Cuidar do nosso lixo, dar a destinação correta é também um ato importante para a saúde. Estamos lutando contra a dengue e, contando com o apoio da população para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti", lembra o prefeito.

O diretor presidente da Cattalini, José Paulo Fernandes destacou o espírito de colaboração entre os voluntários. "Esperamos que seja uma semente em Paranaguá para que outras empresas e comunidades percebam que podem contribuir e ter a consciência que é possível fazer muito mais junto com o Poder Público", declarou.

O presidente da Associação de Moradores do Rocio, Patrice dos Santos espera que novas iniciativas como essa ocorram em breve. “Nosso bairro é um cartão postal e ficamos felizes com o envolvimento das pessoas nesse trabalho. Acredito que, quanto mais gente cuidar do bairro, é melhor para a conscientização de todos”, avaliou Patrice Santos.

“Acreditamos que ações como essa valorizam a cidadania e incentivam mais pessoas a repensarem suas atitudes com o meio ambiente. Devemos respeitar a natureza e contribuir para sua preservação”, destacou o diretor da Aspar, Alessandro Pereira.

Todos os materiais reaproveitáveis foram acondicionados no caminhão da prefeitura e encaminhados para Associações de Recicladores Nova Esperança, localizada na Ilha dos Valadares.


*Com informações da prefeitura de Paranaguá

Assessoria de Comunicação
imprensa@cattaliniterminais.com.br