Administração
+55 41 3420 3526

Comercial
+55 41 3420 3515

Fiscal
+55 41 3420 3561

Operacional
+55 41 3420 3583

RH
+55 41 3420 3577

Siscomex
+55 41 3420 3528

Em comemoração ao Dia Mundial dos Oceanos, celebrado no sábado, dia 8 de junho, voluntários vão realizar mutirões de limpeza em diferentes pontos do litoral. As ações ocorrerão nas praias, mangues e no fundo do mar, com o trabalho de mergulhadores<

Em comemoração ao Dia Mundial dos Oceanos, celebrado no sábado, dia 8 de junho, voluntários vão realizar mutirões de limpeza em diferentes pontos do litoral. As ações ocorrerão nas praias, mangues e no fundo do mar, com o trabalho de mergulhadores.

Em Paranaguá, as ações serão concentradas na região do Santuário de Nossa Senhora do Rocio, um dos principais cartões-postais de Paranaguá e que recebe anualmente mais de 200 mil devotos da Padroeira do Paraná.

Este será o primeiro mutirão realizado no local com o apoio de voluntários e deverá reunir membros de grupo de canoagem e da associação de surfistas de Paranaguá, moradores do bairro, funcionários da empresa portuária Cattalini Terminais Marítimos e estudantes da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) e da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Para a professora do curso de Ciências Biológicas da Unespar, Francine Pellizzari, o mutirão de limpeza é exemplo de conscientização para as pessoas. “Queremos chamar a atenção da população e mostrar que iniciativas como esse mutirão são importantes para a preservação do ambiente marinho. O dia dos oceanos, é todo dia e temos que cuidar dele sempre, principalmente nós que moramos numa área próxima a ele”, declarou.

O presidente da Associação de Moradores do Rocio, Patrice dos Santos, conta que o bairro possui cerca de 200 moradores e precisa desta mobilização. “Temos vários grupos que estão engajados nesse dia e acredito que, quanto mais gente cuidar do bairro, é melhor para a conscientização de todos”, disse Santos.

 Além do trabalho em terra, a ação contará com voluntários a bordo de caiaques e de embarcações para coleta dos materiais. O bairro fica nas proximidades do porto e tem acesso ao mar por um trapiche.

Fundo do mar

Em Pontal do Paraná, as ações serão lideradas pela ONG Parceiros do Mar e se entenderá pelas áreas de praia e de restinga nos balneários de Praia de Leste, Ipanema, Leblon e Pontal do Sul. Também haverá retirada de resíduos no fundo do mar feita por mergulhadores nas proximidades da Ilha de Currais.

A voluntária da ONG, Silvia Turra Rochinski, conta que o objetivo das atividades é chamar a atenção para o descarte incorreto de lixo, inclusive os lançados no mar pelos navios. O grande vilão, segundo ela, é o microplástico.“Os materiais que a gente mais recolhe nessas coletas com certeza são as bitucas de cigarro, aquele plastiquinho que envolve os canudos, os próprios canudos, lacres de latinhas, tampinhas de garrafas e tem bastante lixo internacional. Encontramos garrafinha de água com rótulo da Malásia, temperos de comida da China, enfim, que materiais que são descartados pelos navios e isso está vindo parar na Ilha do Mel e em Pontal do Sul”, explicou.

Todos os resíduos coletados tanto em Paranaguá quanto em Pontal do Paraná serão classificados e os materiais reaproveitáveis serão encaminhados para associações de recicladores dos municípios.

Assessoria de Comunicação
imprensa@cattaliniterminais.com.br