Administração
+55 41 3420 3526

Comercial
+55 41 3420 3515

Fiscal
+55 41 3420 3561

Operacional
+55 41 3420 3583

RH
+55 41 3420 3577

Siscomex
+55 41 3420 3528

A Secretaria de Portos (SEP) treina, ao longo desta semana (11 a 14/09), os portos de Paranaguá e Antonina para operarem por meio do sistema Porto Sem Papel (PSP). O projeto cria um sistema integrado, que reúne informações das autoridades portuárias e dos

O objetivo é criar transparência nos dados, agilizar processos de atracação, operação e desatracação dos navios, desburocratizar e, além de outros benefícios, contribuir para o meio ambiente.

 
Mais de 20 pessoas de diferentes setores da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) – da informática, núcleo ambiental, diretoria empresarial até a operação - passam pelo treinamento. Além desses, somando um total de 80 pessoas, ainda participam da capacitação da SEP, representantes da Polícia Federal, Receita Federal, Marinha, Anvisa e Vigiagro. O treinamento é realizado no auditório do Centro Administrativo do Porto de Paranaguá pelo Coordenador-Geral de Integração de Sistemas de Informação da SEP, José Roberto Bastos.
 
“A partir de hoje o Porto de Paranaguá entra na capacitação para receber essa nova ferramenta. O Porto Sem Papel promove enorme ganho operacional. Sua implantação é uma decisão de governo que deverá melhorar a vida do usuário e dos que estão aqui no Porto. Esta ferramenta deverá melhorar não apenas o trabalho e o dia a dia, como a qualidade de vida de todos os envolvidos nas atividades portuárias”, afirma o superintendente da Appa, Luiz Henrique Dividino, que também participa do treinamento.
 
PSP– Durante o desenvolvimento do projeto Porto Sem Papel, a SEP contabilizou um total de mais de 112 formulários e 953 informações que faziam parte das atividades portuárias (operações). Com um Sistema Concentrador de Dados Portuários e o Portal de Informações Portuárias (www.portosempapel.gov.br), o que se pretende é aumentar a quantidade de informação disponível, diminuir a burocracia e a quantidade de papel.
 
A meta é incluir no sistema os 35 portos públicos do país até 2014. Até agora, 19 já estão habilitados e, contando com o Porto de Paranaguá, outros cinco estão em fase de implantação.

Fonte: Secretaria Especial de Portos


Assessoria de Comunicação
imprensa@cattaliniterminais.com.br