Administração
+55 41 3420 3526

Comercial
+55 41 3420 3515

Fiscal
+55 41 3420 3561

Operacional
+55 41 3420 3583

RH
+55 41 3420 3577

Siscomex
+55 41 3420 3528

A Cattalini Terminais Marítimos continuará apoiando iniciativas sócio-culturais em 2018, valorizando ações que contribuam para o desenvolvimento da comunidade local. Entre os dias 16 e 18 de março, a empresa trará a Paranaguá o IX Festival Cultural Nacional da Arte Capoeira, reunindo mais de 300 pessoas, entre alunos e mestres capoeiristas. Idealizado pela Associação Abadá-Capoeira, o Festival acontecerá no dia 16 em Paranaguá, e nos dias 17 e 18, em Curitiba.

 

O evento soma-se aos outros projetos apoiados pela empresa, voltados à educação, cultura, esporte e meio ambiente. O Festival, patrocinado pela Cattalini, representará a segunda etapa de um projeto iniciado no final do ano passado, junto à escolas públicas de Paranaguá.

 

A partir deste mês, a associação Abadá-Capoeira oferecerá oficinas semanais, gratuitas, aos alunos das escolas municipais “Presidente Costa e Silva”, “Professor Randolfo Arzua” e “Amparo”, localizada na ilha do mesmo nome. A previsão é que mais de 150 alunos participem do projeto.

 

Os alunos dessas oficinas também participarão do Festival em Paranaguá e conhecerão a tradição e a prática da capoeira nas atividades realizadas em Curitiba.

 

Programação

Na programação do Festival estão previstas oficinas, roda de capoeira feminina, batizado, troca de cordas e aulões. Em Paranaguá, as atividades serão realizadas no dia 16 de março, na praça Mário Roque e no Museu de Arqueologia e Etnologia, da Universidade Federal do Paraná (MAE-UFPR), no Centro Histórico. A programação terá início às 10 horas e a abertura oficial do evento acontecerá às 18 horas. Em Curitiba, as ações acontecerão nos dias 17 e 18 de março, a partir das 9 horas, na Praça Osório, Memorial de Curitiba, Palácio Garibaldi e Ruínas São Francisco.

 

 

Objetivos

Ao incentivar a prática da capoeira nas escolas locais, a Cattalini tem o objetivo de incrementar o relacionamento com os moradores dos bairros localizados no entorno do terminal. Além disso, as oficinas de capoeira visam ressaltar, conforme destacado pela Associação Abadá-Capoeira, valores para a construção da cidadania, pelo exercício da afetividade, cooperação, da não violência e do aumento da autoestima. Também possibilitar ao aluno a aquisição e o aprimoramento de confiança, equilíbrio emocional e desenvolvimento psicomotor.

 

Outras informações sobre o Festival poderão ser obtidas com Gabrieli Olsen, Coordenadora de Produção Cultural - (41) 9 9734 6947

Assessoria de Comunicação
imprensa@cattaliniterminais.com.br