Administração
+55 41 3420 3526

Comercial
+55 41 3420 3515

Fiscal
+55 41 3420 3561

Operacional
+55 41 3420 3583

RH
+55 41 3420 3577

Siscomex
+55 41 3420 3528

Os caminhões carregados de metanol que saem da Cattalini Terminais Marítimos, em Paranaguá (PR), com destino ao interior do País, passarão por um rigoroso acompanhamento. O objetivo é garantir total segurança na logística empregada desde a origem até a recepção do produto. O mapeamento será direcionado especialmente ao transporte do metanol produzido pela Methanex, maior fornecedor mundial de metanol para os principais mercados internacionais na América do Norte, Ásia Pacífico, Europa e América Latina.

 

As empresas acreditam que o gerenciamento da rota permitirá maior segurança e controle no transporte do metanol, atendendo às normas aplicadas à operação. Com o mapeamento, será possível, por exemplo, identificar pontos de risco para roubos e acidentes na rota empregada e implementar o gerenciamento de risco para mitigar vulnerabilidades encontradas. O acompanhamento se iniciará num percurso de aproximadamente 60 km da BR 277, entre a Cattalini Terminais Marítimos e a praça de pedágio.

 

No percurso, serão observados principalmente os pontos notáveis, pontos críticos, pontos de interesse e recursos. Os pontos notáveis são os elementos visuais que identificam determinadas utilidades ou circunstâncias mapeadas. Os pontos críticos identificam, por exemplo, a existência de aclives e declives, áreas de escape, Área de Proteção Ambiental e estreitamento de pista. Já os pontos de interesse são as divisas entre Estados, os limites entre municípios, postos da Polícia Rodoviária, pontos de apoio, entre outros. Por fim, serão identificados os recursos disponíveis como borracharias, hospitais, postos de combustível, etc.

 

Segundo a Pamcary, gerenciadora de risco especializada no transporte de cargas, contratada para o mapeamento, ao final da avaliação de rota, será elaborado o rotograma, ferramenta que considera a representação visual dos pontos de interesse de um determinado percurso. O rotograma permitirá a visualização de pontos, facilitando e melhorando o treinamento dos motoristas e o gerenciamento de possíveis crises e/ou análise de condições das vias, atuando com ações preventivas.

 

Operações de qualidade

O mapeamento da rota e a elaboração do rotograma são exemplos das iniciativas que a Cattalini e a Methanex estão colocando em prática para manter a qualidade nas operações com metanol e garantir o atendimento dos critérios técnicos exigidos pelo setor de combustíveis.

 

A Cattalini também dedicou sua última expansão com um parque de tancagem de 103 mil m³  exclusivamente para o metanol.

Assessoria de Comunicação
imprensa@cattaliniterminais.com.br