Administração
+55 41 3420 3526

Comercial
+55 41 3420 3515

Fiscal
+55 41 3420 3561

Operacional
+55 41 3420 3583

RH
+55 41 3420 3577

Siscomex
+55 41 3420 3528

Entre as ferramentas para buscar ajuda e prevenir o suicídio está o Centro de Valorização da Vida (CVV), com atendimento gratuito pelo telefone 188, disponível 24 horas por dia

“Seu sofrimento importa. Sua vida também. Não deixe para falar depois”. Essa é a mensagem que a Cattalini Terminais Marítimos pretende levar aos seus colaboradores no período dedicado à prevenção do suicídio, o chamado Setembro Amarelo. As ações começaram nesta semana, entre elas, a divulgação de cartilha preparada pela Unimed com informações sobre os principais sinais que indicam um possível comportamento suicida e como ajudar a prevenir.

Segundo a publicação preparada pela área médica da Cooperativa de Saúde, “é importante levar a sério o comportamento e as tentativas de suicídio e não pensar que a pessoa não pode cometê-las, isso porque esse tipo de comportamento é uma alerta muito claro de suas intenções. Assim, é importante que a busca por um psicólogo seja motivada, assim como é fundamental que a pessoa tenha companhia”.

A busca por ajuda de um profissional qualificado, como um psicólogo ou psiquiatra, é igualmente importante e serve para tentar mostrar que existem outras soluções que não o suicídio. Entre as ferramentas para buscar ajuda e prevenir o suicídio está o Centro de Valorização da Vida (CVV), com atendimento gratuito pelo telefone 188, disponível 24 horas por dia.

Também faz parte das ações de conscientização da Cattalini, a divulgação de um vídeo sobre o tema: https://youtu.be/HNe7AeDKT44

Saúde pública

Estudos apontam que em mais de 98% dos casos, o suicídio foi causado por transtornos mentais não tratados corretamente ou não identificados/acompanhados. Cerca de 96,8% estão relacionados à depressão e ao transtorno bipolar. Esse cenário preocupante serve de alerta para que a saúde mental seja um tema importante para a saúde pública.

A Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina, promove pelo oitavo ano consecutivo a campanha do Setembro Amarelo, com o tema "Agir salva vidas". A ação, que foi implementada no Brasil em 2014, tem como principal objetivo diminuir índices de suicídio. A iniciativa se estende por todo o mês, tendo como data principal, o dia 10 de setembro - Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio.

No Brasil, os casos passam de 13 mil por ano, podendo ser bem maiores em decorrência das subnotificações. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que a cada 40 segundos uma pessoa morre por suicídio no mundo. Já ao que se refere às tentativas, uma pessoa atenta contra a própria vida a cada três segundos. Em termos de numéricos, calcula-se que aproximadamente um milhão de casos de óbitos por suicídio são registrados por ano em todo o mundo.

Assessoria de Comunicação
imprensa@cattaliniterminais.com.br