Administração
+55 41 3420 3526

Comercial
+55 41 3420 3515

Fiscal
+55 41 3420 3561

Operacional
+55 41 3420 3583

RH
+55 41 3420 3577

Siscomex
+55 41 3420 3528

A Cattalini Terminais Marítimos lançou oficialmente na última terça-feira (3), em Paranaguá (PR), o projeto de ampliação do seu novo Parque de Tancagem. Resultado de um investimento de R$ 450 milhões, o projeto será dividido em duas fases e contemplará a construção de 40 tanques, com capacidade para 297 mil m³, dedicados principalmente à armazenagem de combustíveis e metanol.

 

Na primeira fase, serão construídos 19 tanques com capacidade para cerca de 140 mil m³ de produtos. A previsão é que as obras sejam concluídas até setembro de 2015 e o terminal comece a operar em outubro.

De acordo com a Cattalini, a segunda fase do projeto será iniciada em 2018 podendo ser antecipada para logo após a conclusão da primeira fase do projeto. Neste segundo momento, serão construídos mais 21 tanques, com capacidade para 157 mil m³.

 

“A decisão da empresa em ampliar sua infraestrutura em Paranaguá atende a uma demanda já existente e em franco crescimento. Temos projetos em andamento que contemplam novos mercados e planos para investir em outros portos”, revelou o diretor financeiro do terminal, José Edson Rodrigues.

 

Confiança

O lançamento da obra contou com a presença dos secretários de Estado de Infraestrutura e Logística, Pepe Richa, e do Planejamento e Coordenação Geral, Cássio Taniguchi, além do prefeito de Paranaguá, Edison de Oliveira Kersten, vereadores e empresários do setor portuário.

 

 

O secretário de infraestrutura e logística do Paraná, José Richa Filho, participou da cerimônia e disse que este novo empreendimento demonstra a confiança da iniciativa privada no Paraná. “Agradecemos a Cattalini pela confiança em nosso estado ao promover este investimento e estamos aqui para endossar nosso compromisso de apoiar quem quer que esteja disposto a investir e trabalhar em conjunto para o desenvolvimento do nosso Estado”, disse.

 

O Superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), Luiz Henrique Tessuti Dividino considerou a ampliação do terminal da Cattalini como exemplo de projeto alinhado com o sistema público. “A Cattalini acredita na cidade de Paranaguá e no Estado do Paraná”, avaliou.

 

Infraestrutura

O novo parque de tancagem será construído onde funcionava um antigo pátio para contêineres. A área de 47 mil m² é próxima aos demais tanques da empresa e do seu píer privado, beneficiando a logística empregada na recepção e embarque de produtos.

 

A expectativa, segundo a empresa, é que cerca de 300 pessoas sejam contratadas para trabalhar nas obras da primeira fase do projeto. Assim que estiver em operação, o novo parque de tancagem empregará cerca de 50 novos colaboradores, que se somarão aos mais de 270 em atividade na empresa.

 

A empresa

Fundada em 1981 na cidade de Paranaguá, a Catallini é uma operadora portuária independente e ocupa liderança entre os terminais de graneis líquidos no Brasil, com conhecimento comprovado no armazenamento e manuseio seguros de óleos vegetais, químicos e combustíveis. A Cattalini possui e opera o maior parque privado para granéis líquidos no País, oferecendo 380 mil metros cúbicos de capacidade de armazenamento em 97 tanques para uma ampla gama de produtos líquidos a granel.

 

Em 2013, a empresa foi recertificada nas normas ISO 14001 e 9001, que estabelecem referências internacionais nos sistemas de gestão e de meio ambiente e certificada na norma OHSAS 18001, padrão internacional para sistemas de gestão de segurança e saúde ocupacional.

 

Assessoria de Comunicação
imprensa@cattaliniterminais.com.br