Administração
+55 41 3420 3526

Comercial
+55 41 3420 3515

Fiscal
+55 41 3420 3561

Operacional
+55 41 3420 3583

RH
+55 41 3420 3577

Siscomex
+55 41 3420 3528



O engajamento de todos é um dos fatores mais importantes do Movimento de Integridade

Mais que saber as definições sobre ética, moral, respeito, justiça e empatia, a Cattalini Terminais Marítimos quer incentivar os 480 colaboradores da empresa a refletirem profundamente sobre esses conceitos, internalizando-os e colocando-os em prática nas suas rotinas profissionais. O processo para alcançar esse objetivo já está em andamento e começou com a criação do Movimento Integridade, reunindo, inicialmente, as lideranças da empresa. O grupo será responsável pela disseminação e incentivo das ações voltadas ao movimento.

A base para o Movimento Integridade será o Código de Conduta e Ética da Cattalini, que está em vigor desde 2017 Segundo o consultor Diogo Veloso de Melo, sócio da Aika, laboratório de experiência focado em gestão e comportamento humano, o Código dita o que precisa ser feito e o Movimento Integridade acessará as pessoas para que ele esteja na alma e na mente de todos. “Na prática veremos as mudanças entre as relações interpessoais e os agentes externos. Vamos incentivar as relações baseadas na integridade e no pensar coletivamente. Empresas modernas pensam e agem desta forma”, declarou.

Segundo José Paulo Fernandes, Diretor-Presidente da Cattalini, a empresa já teve muitos avanços com a implantação do seu Código de Ética e com a realização de várias palestras de formação para os colaboradores, mas acredita que ainda há novos caminhos a serem percorridos neste sentido. “O Movimento Integridade auxiliará no compartilhamento dos nossos valores e princípios que queremos incutir na organização. Buscamos que todos sintam-se acolhidos, trabalhem num ambiente seguro, sintam-se respeitados e respeitem a comunidade onde estamos inseridos”, destacou.

Ferramenta de mudança

O Movimento Integridade é considerado uma ferramenta de mudança, que abrangerá todas as áreas laborais. “Iniciamos a implantação desse movimento com parcela dos nossos colaboradores. Eles atuarão como replicadores dos conceitos e práticas junto aos demais, fortalecendo essa mudança. O que prezamos é unificar nossas metas e transformar a Integridade em um conjunto de ações”, comentou Fábio Martins Jorge, Controller da empresa.

Palestras, reuniões, rodas de conversa e um amplo material gráfico on e offline serão usados para divulgar o Movimento Integridade. “A integridade tem que sair do código e ir para a vida dos nossos colaboradores, respeitando a experiência de cada um. Buscamos uniformizar a visão da empresa sobre o comportamento íntegro e a união de objetivos. Queremos crescer com responsabilidade social, tendo os colaboradores engajados neste processo. Não basta estabelecermos uma regra é importante que todos participem efetivamente dessa vivência”, explicou Carlos Henrique Kszan, superintendente de Novos Negócios.

De acordo com Ângela Bahry, assessora da diretoria da Cattalini, o engajamento de todos é um dos fatores mais importantes do Movimento de Integridade. “Buscamos o engajamento dos nossos colaboradores a partir das lideranças da empresa. Atuamos com o propósito de nos tornarmos referência para que outras empresas sigam essa linha de trabalho, a qual não se limita ao cumprimento de regras, mas sim à internalização de valores”, disse Bahry.

Assessoria de Comunicação
imprensa@cattaliniterminais.com.br