Administração
+55 41 3420 3526

Comercial
+55 41 3420 3515

Fiscal
+55 41 3420 3561

Operacional
+55 41 3420 3583

RH
+55 41 3420 3577

Siscomex
+55 41 3420 3528

Brigadistas do CT3 foram reconhecidos pela atuação exemplar em prol da preservação da segurança, das pessoas e continuidade das operações

A Cattalini Terminais Marítimos investe continuamente em equipamentos de alta tecnologia, sistemas modernos e treinamentos frequentes para garantir a segurança dos seus colaboradores, clientes e da comunidade. Soma-se aos procedimentos de segurança a capacitação do seu pessoal, especialmente dos 138 brigadistas da empresa, que atuam na linha de frente na prevenção e controle de incidentes.

A Brigada de Emergência da Cattalini é formada por colaboradores que atuam diretamente nas áreas operacionais dos quatro Centros de Tancagem da empresa e no Píer de atracação de navios. Todos são preparados continuamente, participando de cursos, treinamentos frequentes e de exercícios simulados para atuar em cenários de emergência.

“A Cattalini é referência no Porto de Paranaguá e no Brasil e não mede esforços quando o assunto é segurança. Todos são responsáveis e recebem treinamentos para prevenção de acidentes nas instalações. Os brigadistas, porém, são elementos determinantes em nossa rotina. Apenas em 2019, nossos brigadistas somaram mais de 6.000 horas de treinamento.”, declarou o diretor-presidente da empresa, José Paulo Fernandes. 

Na última semana, brigadistas do Centro de Tancagem 3 (CT3) foram reconhecidos pela atuação exemplar em prol da preservação da segurança, das pessoas e continuidade das operações. O CT3 possui capacidade de 197 mil m³ de armazenagem, distribuídos em 37 tanques. No local, há operações de carga e descarga de produtos com caminhões e vagões simultaneamente.

“Valorizamos o pessoal que atua conforme os procedimentos de segurança, garantindo a eficiência das operações. Nossos brigadistas são preparados continuamente para atuar quando necessário e reconhecemos o esforço de cada um para agir em qualquer cenário que se apresente”, declarou o gerente operacional sênior, Carlos Katsuji Ichi.

O grupo de brigadistas é dividido em duas categorias: Resposta e Suporte. O primeiro é formado por operadores que atenderão a emergência na linha de frente, manuseando equipamentos. Já o segundo, atua no apoio, em ações secundárias. Em cada Centro de Tancagem e no Píer, os brigadistas contam com salas exclusivas onde estão acondicionados equipamentos de prevenção e combate e EPIs.

“Para compor a Brigada de Emergência da Cattalini, os colaboradores participam de cursos complementares para atuar em possíveis cenários e executam simulados bem próximos da realidade. Antes de compor as equipes todos passam por diagnósticos que indicarão suas aptidões, seu perfil funcional e em qual categoria ele poderá atuar”, explicou o gerente de operações, Lucas Perrone de Oliveira.

Para atender a eventuais emergências, a Cattalini conta com equipamentos de prevenção e combate a incêndios, contenção e recolhimento de derrames, equipamentos para atendimento pré-hospitalar, dentre outros. “Trabalhamos com a prevenção e nossa intenção é que ao investirmos em equipamentos de alta tecnologia e modernizarmos os nossos procedimentos, menos pessoas precisaremos ter na primeira resposta a um incidente, preservando nosso pessoal de agir na linha de frente”, frisou Ichi. 

A empresa possui tanques que armazenam água para combate a incêndio com aproximadamente 14 milhões de litros de água doce e atendem a todos os centros de tancagem. Tudo isto está interligado a um sistema de prevenção e combate a incêndios que atende os Píeres e os Centros de Tancagem, caso necessário, captando água do mar através de bombas de propulsão a diesel, tornando-o independente de alimentação por energia elétrica.

Sobre a empresa

Fundada há 39 anos no Porto de Paranaguá, a Cattalini Terminais Marítimos oferece aos seus clientes 610 mil m³ de espaço físico para armazenagem de diversos produtos, distribuídos em 4 Centros de Tancagens (CTs) alfandegados e entrepostados, com um total de 133 tanques.

Na movimentação de derivados de petróleo a Cattalini responde por 43% da movimentação nacional, principalmente, de Diesel (S-10 e S-500) e gasolina, na importação. Atualmente, 68% do óleo vegetal exportado no Brasil passa pela empresa. Na importação de metanol, a Cattalini ocupa posição de liderança no setor, respondendo por 75% de todo produto importado pelo Brasil.

A empresa e toda sua estrutura respondem às normas e fiscalização da Agência Nacional de Petróleo (ANP), da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), do Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Receita Federal e atendem às exigências dos demais órgãos que regulam a segurança patrimonial, dentre outros.

A Cattalini conta com cerca de 480 colaboradores e mantém as certificações OHSAS 18001 (Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional), ISO 14001 (Sistema de Gestão Ambiental), ISO 9001 (Sistema de Gestão da Qualidade) e é auditada periodicamente pelo CDI-T (Chemical Distribution Institute-Terminals).

Saiba mais:

https://www.cattaliniterminais.com.br/

https://www.facebook.com/cattaliniterminais/

https://www.linkedin.com/company/cattaliniterminais/

https://www.instagram.com/cattaliniterminais/

 

 

Assessoria de Comunicação
imprensa@cattaliniterminais.com.br