Administração
+55 41 3420 3526

Comercial
+55 41 3420 3515

Fiscal
+55 41 3420 3561

Operacional
+55 41 3420 3583

RH
+55 41 3420 3577

Siscomex
+55 41 3420 3528

“Temos muita gratidão por estarmos aqui e podermos fazer o bem. Para tudo isso acontecer precisamos do apoio das empresas, como faz a Cattalini Terminais Marítimos" -  Cirurgiã-dentista Aline Hoffmann Xavier da Silva

Moradores da comunidade do Amparo receberam atendimentos médico e odontológico no sábado (7), oferecidos gratuitamente pelos voluntários do projeto Pró-Riso. No local, residem cerca de 700 pessoas, sendo a pesca artesanal a principal fonte de sustento das famílias. O acesso à localidade é feito exclusivamente por barco.

Em cerca de quatro horas de trabalho, os profissionais realizaram 22 consultas médicas e prestaram 25 atendimentos odontológicos, com 72 dentes tratados. A atividade voluntária aconteceu na sede da Escola Municipal do Campo Amparo, onde as salas de aula foram transformadas em pequenos consultórios, com a preocupação de manter a segurança e a higiene do local. Para muitos moradores foi a oportunidade de terem acesso facilitado à assistência à saúde.

“Esse tipo de ação é muito bom para mim e para todos que moram aqui. Quando o médico vem na porta de casa é uma benção”, disse a dona de casa Jucimere do Nascimento Pereira, de 60 anos e que há 45 mora no Amparo. Opinião compartilhada pela pescadora Arminda Pereira, também de 60 anos. “Foi muito bom ter o médico aqui porque nossa comunidade estava precisando muito. Nossa dificuldade é o deslocamento até Paranaguá e hoje fico muito feliz de poder ter essa consulta. Que Deus abençoe e a todos”, disse.

No pátio coberto da escola, dentistas ensinaram adultos e crianças a escovar corretamente os dentes e a passar fio dental. Entre os pacientes estava a pequena Rebeca Vitória da Silva Mendes, de 9 anos. “Hoje eu aprendi a escovar o dente certinho e a tia ensinou que se não escovar enche de sujeira e de bichinhos”.

Voluntários

Esta foi a terceira ação do Pró-Riso na localidade, outras duas aconteceram no ano passado e, assim como a realizada neste sábado, também contaram com o apoio dos voluntários da Cattalini Terminais Marítimos, composto por colaboradores de diferentes setores da empresa.

“Essa é a segunda ação voluntária que eu participo. Nosso intuito é colaborar com a comunidade e acredito que as empresas tem que sempre atuar neste sentido. É muito gratificante fazer parte de iniciativas como essa e um orgulho trabalhar numa empresa que tem essa preocupação”, declarou o Coordenador Administrativo da Cattalini, Marcelo Eduardo Rocha.

O Operador Marcos Barbosa também estava entre os voluntários da empresa e contou que essa foi sua primeira participação como voluntário. “Espero poder ajudar ainda mais e poder colaborar com os projetos voluntários. Fico orgulhoso em saber que a empresa onde eu trabalho tem essa preocupação e estou disposto a continuar ajudando”

Para a cirurgiã-dentista Aline Hoffmann Xavier da Silva, sem o apoio de empresas engajadas em ajudar o próximo não seria possível colocar o projeto em prática. “Temos muita gratidão por estarmos aqui e podermos fazer o bem. Para tudo isso acontecer isso precisamos do apoio das empresas, como faz a Cattalini Terminais Marítimos, com a doação de medicamentos, de equipamentos e apoio na logística do nosso grupo. A população ganha, mas quem ganha mais somos nós, os voluntários, porque podemos ajudar quem precisa”, destacou.

Assessoria de Comunicação
imprensa@cattaliniterminais.com.br